quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

15 versades do relacionamento



1) Alguns relacionamentos serão uma benção, outros servirão como lição – de qualquer forma, não rejeite conhecer alguém. Todas as pessoas que você encontra te ensinam alguma coisa importante. Algumas pessoas irão te testar, algumas irão te usar, e algumas irão te ensinar; mas o mais importante é que algumas irão trazer à tona o seu melhor;

2) Quando as coisas ficarem difíceis, algumas pessoas deixarão você – quando você está no topo na vida, seus amigos começam a descobrir quem você é. Quando você estiver em baixo na vida, você vai começar a descobrir quem são seus verdadeiros amigos. Vão existir muitas pessoas ao redor quando os tempos forem fáceis, mas tome nota de quem permanece em sua vida quando os tempos tornam-se difíceis, especialmente as pessoas que sacrificam os recursos que possuem para te ajudar a melhorar os seus quando você mais precisa. Essas pessoas são seus verdadeiros amigos;

3) A vida está repleta de pessoas falsas – algumas vezes a pessoa pela qual você enfrentaria uma bala acaba sendo a pessoa por trás do gatilho. É muito fácil acreditar em alguém quando ela DIZ para você exatamente aquilo que você quer ouvir. Mas quando uma pessoa MOSTRA a você quem ela verdadeira mente é, acredite imediatamente nela. Algumas pessoas são gentis somente para sua própria conveniência – o tipo de pessoa que só liga quando precisam de alguma coisa ou aprecem por perto quando é benéfico para elas. Nem todo mundo tem seus melhores interesses em seu coração. Mas algumas vezes você precisa ser iludido e enganado pelos amores e amigos errados uma ou duas vezes em sua vida para poder encontrar e apreciar sua alma gêmea e seus verdadeiros amigos quando eles aparecem;

4) Pessoas podem ser facilmente insinceras em suas palavras – quando alguém ama você verdadeiramente, eles não precisam dizer uma palavra se quer. Você será capaz de dizer simplesmente pela forma como lhe tratam ao passar do tempo. Lembre-se, ações falam muito mais alto do que palavras. Uma pessoa pode pedir desculpas milhares de vezes, e dizer “eu te amo” quantas vezes desejarem. Mas se eles não puderem provar que as coisas que dizem são verdade, eles não merecem ser escutados. Porque se eles não podem demonstrar, suas palavras não são sinceras;

5) Quanto menos você se associar a algumas pessoas, mais sua vida irá melhorar– não aceite ser o passatempo, o estepe ou o parcial de alguém. Se eles não puderem estar lá por você a todo o momento, especialmente quando você mais precisa, então eles não merecem seu tempo;

6) Palavras ásperas podem machucar mais do que dores físicas – prove suas próprias palavras antes de soltá-las. Palavras machucam e assustam mais do que você imagina, então PENSE antes de falar. E lembre-se, o que você fala sobre os outros também diz MUITO sobre VOCÊ;

7) Um erro é um acidente. Trapacear e mentir não são erros – eles são escolhas intencionais. Pare de se esconder atrás das palavras “erro” e “desculpe” e pare de aceitar aqueles que as usam;

8) Ciúme excessivo não diz a alguém o quanto você o ama – isso diz a eles o quanto você se desgosta. E nenhuma quantidade de amor, ou promessas, ou provas serão o bastante para que você se sinta melhor. Para essas peças quebradas que você carrega, são peças que você precisa consertar em você mesmo. Felicidade é um trabalho interno;

9) Quando as pessoas se tornam desagradáveis para você, geralmente é melhor se distanciar – quando alguém te trata como lixo, não presta atenção e não assume responsabilidade. Eles estão dizendo nada sobre você e muito sobre eles mesmos. E não importa o que eles façam ou digam, jamais rebaixe-se ao nível deles e devolva as ofensas. Apenas saiba que você é melhor que isso e deixe para lá;

10) As pessoas irão te tratar da forma como você permitir que te tratem – você não pode controla-los, mas você pode controlar o que você tolera. Coisas fantásticas acontecem quando você se distancia de pessoas negativas. Fazer isso não significa que você não gosta delas, isso apenas significa que você se respeita;

11) Uma das tarefas mais difíceis da vida é remover alguém de seu coração – mas lembre-se, nenhum relacionamento é perda de tempo. Os errados te ensinam lições para te preparar para os certos;

12) Ressentimento te machuca, não machuca eles – sussurre uma pequena prece de gratidão por aquelas pessoas que estiveram ao seu lado, e envie uma prece de boa vontade para aqueles que não estiveram. Se essas pessoas pudessem ouvir suas preces, aqueles que estiveram ao seu lado saberiam o quanto você os aprecia, e aqueles que partiram saberiam que você aprecia suficientemente sua felicidade ao ponto de não permitir que o ressentimento destrua sua capacidade de viver com compaixão em seu coração;

13) Silêncio e meio sorriso podem esconder muita dor – preste bastante atenção àqueles que são importante para você. Algumas vezes quando um amigo diz “estou bem”, eles precisam que você os olhe nos olhos, segure-os forte e responda “eu sei que você não está”;

14) O amor verdadeiro aparece quando a manipulação cessa – o verdadeiro amor aparece quando você se preocupa mais com que a outra pessoa verdadeiramente é do que com quem você acredita que ela deveria ser, quando você se desafia a revelar-se honestamente, e quando você se desafia a ser aberto e vulnerável. São necessárias duas pessoas para criar um ambiente sincero onde isso é possível. Se você ainda não encontrou o amor verdadeiro ainda, não desista. Existe alguém lá fora que irá compartilhar o amor verdadeiro com você, mesmo que não seja a pessoa que você incialmente esperava;

15) Mesmo os melhores relacionamentos não duram para sempre – ninguém passa pela vida sem perder alguém que ama, alguém que precise ou alguma coisa que eles imaginaram que deveria ser. As pessoas não vivem para sempre. Aprecie o que você tem, quem te ama e quem cuida de você. Você jamais saberá o quanto eles representam para você até o dia que eles não estiverem mais ao seu lado. E lembre-se, só porque alguma coisa não dura para sempre, não quer dizer que não valha a pena enquanto dure.



Nenhum comentário: